Follow by Email

sábado, 22 de março de 2008

Sábado de Aleluia e eu trabalhando! E me pergunto até quando vou levar essa vida...

sexta-feira, 21 de março de 2008

Feliz Páscoa

Páscoa é ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
Páscoa é dizer sim ao
amor e à vida,
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É vivenciar a solidariedade.
Páscoa é ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vencer à morte.
Páscoa é renascimento, é recomeço,
É uma nova chance pra gente melhorar
As coisas que não gostamos em nós.
Para sermos mais felizes por conhecermos
A nós mesmos mais um pouquinho e vermos
Que hoje somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!!!

quinta-feira, 20 de março de 2008

Piada

Hoje abri o Jornal do Commércio, me deparei com um artigo que me fez bolar de rir e o que é pior: eu não entendi NADA...

segunda-feira, 17 de março de 2008

Tudo azul

Minha vida anda tão corrida que mal tenho tempo de pensar. Além disso, minha casa ainda não tem computador por isso ando tão ausente. Alías, minha casa ainda não tem muita coisa, mas estou seriamente pensando em enfiar o pé na jaca e resolver algumas pendências. Contudo o post não é sobre isso.

Nos últimos quinze dias muita, mas muita coisa mesmo mudou na minha vida. E mudou pra melhor. Mais responsabilidades, mais trabalho... e mais liberdade também. Andei questionando muitas coisas, muitas pessoas. Nunca gostei de julgar ninguém e continuo sem gostar, porém há momentos na vida em que é preciso sair do faz de conta de achar que todo mundo é seu amigo. Na verdade muito poucas pessoas são suas amigas, até mesmo aquelas que você conhece há anos pode não ser lá tão amiga quanto você pensava que fosse. E não tem o menor problema, pelo menos pra mim, que continuo gostando e sendo amiga do mesmo jeito. Mas sem me cobrar tanto quanto antes.

Percebi também que tenho excelentes colegas, gente com quem adoro conversar, bater um bom papo, trocar idéias... Mas que não são essas pessoas que estarão comigo nos momentos em que precisar, sejam eles alegres ou tristes. Nem por isso gosto menos delas, a admiração, o respeito e o carinho continuo sentir e estarei sempre presente se assim elas desejarem.

Houve momentos em que eu quis me decepcionar, mas pensei “peraí, eu não posso querer que as pessoas simplesmente me sirvam e ajam de acordo com as minhas expectativas!” Gosto delas e ponto. Aprendi a não esperar, a não cobrar. Mas, também não vou insistir quando perceber que não sou bem vinda. Sem ressentimentos.

Sempre tive alguns problemas por não ser, digamos assim, falsa. Aquelas coisas de ser simpática com uma colega de trabalho que você não suporta, babar o chefe, fazer politicagens básicas. E minha transparência me custou. Não sei se caro ou barato, mas teve seu preço. E quer saber? Jamais serei falsa na minha vida, isso não faz parte da minha personalidade, só não vou fugir mais do combate. Do bom combate, claro! Nada de brigas ou discussões calorosas. Apenas defender meus pontos de vistas, lutar pelo que quero e acredito, dizer diretamente à pessoa “não gostei disso, não acho isso certo...”. Discernimento para saber pelo o que vale a pena brigar e o que é melhor ignorar.
É isso então...

Paciência pra quem não gostar, mas prazer, essa sou eu!

sexta-feira, 14 de março de 2008

dicas importantes

Eu A-DO-REI essas dicas! E como sou altruísta, divido com vocês...

30 dicas para escrever bem

01. A voz passiva deve ser evitada. (Você certamente deve saber o que é voz passiva, né?)
02. Anule aliterações altamente abusivas. ( evitar o quê?)
03. Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha. (Por acaso o galo é fiel? ... Péssima essa)
04. Conforme recomenda a A.G.O.P., nunca use siglas desconhecidas. (CNMFI)
05. Cuidado com a hortografia, para não estrupar a língúa portuguêza. (intão tá serto)
06. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc. ( pq vc ñ gsta?)
07. É desnecessário fazer-se empregar de um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de esmero excessivo que raia o exibicionismo narcisístico. (que lindo isso)
08. Evite lugares comuns como o diabo foge da cruz. (é como sempre digo Deus não dá asa a cobra, só às vezes)
09. Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida. ( tá, tá, tá, tá, tá)
10. Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão da idéia nelas contida e, por conterem mais que uma idéia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçam, desta forma, o pobre leitor a separá-la nos seus diversos componentes de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas. ( que preguiça)
11. Estrangeirismos estão out; palavras de origem portuguesa estão in. ( e eu sou fashion)
12. Evite o emprego de gíria, mesmo que pareça nice, sacou??…Então valeu! (blz)
13. Evite mesóclises. Repita comigo: “mesóclises: evitá-las-ei!” (EVITÁ-LAS-EI!)
14. Exagerar é cem milhões de vezes pior do que a moderação. (o infinito de vezes)
15. Frases incompletas podem causar... (...)
16. Frases com apenas uma palavra? Jamais! (entendi)
17. Não abuse das citações. Como costuma dizer um amigo meu: “Quem cita os outros não tem idéias próprias”. ( desisto de Vinícios de Moraes)
18. Não abuse das exclamações! Nunca!!! O seu texto fica horrível!!!!! (OK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)
19. Nunca generalize: generalizar é um erro em todas as situações. (juro, nunca mais faço isso)
20. não esqueça as maiúsculas no inicio das frases. (não esqueço)
21. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez, ou por outras palavras, não repita a mesma idéia várias vezes.
22. Não fique escrevendo (nem falando) no gerúndio. Você vai estar deixando seu texto pobre e estar causando ambigüidade, com certeza você vai estar deixando o conteúdo esquisito, vai estar ficando com a sensação de que as coisas ainda estão acontecendo. E como você vai estar lendo este texto, tenho certeza que você vai estar prestando atenção e vai estar repassando aos seus amigos, que vão estar entendendo e vão estar pensando em não estar falando desta maneira irritante. ( essa é a melhor! É um saco está ouvindo quem esta se achando culto ficar falando desse jeito)
23. O uso de parêntesis (mesmo quando for relevante) é desnecessário. (nunca os uso, como podem perceber)
24. Outra barbaridade que tu deves evitar tchê, é usar muitas expressões que acabem por denunciar a região onde tu moras! ..Nada de mandar esse trem…vixi..entendeu bichinho? (oxe, eu heim meu fi)
25. Palavras de baixo calão, porra, podem transformar o seu texto numa merda. (mas ele já é uma merda)
26. Quem precisa de perguntas retóricas? (sei não, tu sabes?)
27. Seja mais ou menos específico. (mas em que sentido?)
28. Seja incisivo e coerente, ou não. (acho que faço isso... será?)
29. Utilize a pontuação corretamente o ponto e a vírgula pois a frase poderá ficar sem sentido especialmente será que ninguém mais sabe utilizar o ponto de interrogação ( tô pensando nisso...)
30. Não permita que seu texto acabe por rimar, porque senão ninguém irá agüentar já que é insuportável o mesmo final escutar, o tempo todo sem parar. (quem passa pó fica no caritó)