Follow by Email

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sorteio de Natal


Pessoal, eu tinha a intenção de fazer isso há mais tempo, porém, pra variar, o tempo correu mais que eu. Mas, ainda dá, vai! A-M-O o Natal, o clima que se instala na cidade, no coração das pessoas. Luzes brilhando por toda parte, sorrisos e, claro, presentes!!! Sendo assim, eu queria mandar pra vocês umas lembrancinhas de natal feitas pela Mari Soares, uma pessoa super doce com um super talento para artesanato. Pena que não posso enviar pra todo mundo, sendo assim vai rolar um sorteioZINHO. Quem tiver a fim, basta comentar NESSE post, deixar nome e e-mail. Na sexta feira, dia 25 (ho, ho, ho) eu faço o sorteio e posto aqui, ok?




segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Mensagem para você




Deixo aqui pra vocês uma mensagem que acho linda e profunda. Há muito tempo tento transpo-la para a vida real. Um beijo e um Natal abençoado pelo aniversariante.


"Depois de algum tempo você aprende a diferença, a
sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça
erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto
e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no
hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais
para os planos, e o futuro tem o costume de cair
em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o Sol
queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se
importe, algumas pessoas simplesmente não se
importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma
pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você
precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se levam anos para se construir
confiança e apenas segundos para destruí-las,
e que você pode fazer coisas em um instante,
das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a
crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos
permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se
compreendemos que os amigos mudam, percebe
que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer
coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se
importa na vida são tomadas de você muito
depressa, por isso sempre devemos deixar as
pessoas que amamos com palavras amorosas, pode
ser a última vez que as vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes
têm influência sobre nós, mas nós somos
responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar com
os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se
tornar a pessoa que se quer ser, e que o
tempo é curto.
Aprende que não importa aonde já chegou, mas
onde está indo, e se você não sabe para onde
está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos ou
eles o controlarão, e que ser flexível não
significa ser fraco ou não ter personalidade,
pois não importa quão delicada e frágil seja
uma situação, sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o
que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você
espera que o chute quando você cai é uma das
poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os
tipos de experiência que se teve e o que você
aprendeu com elas do que com quantos aniversários
você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que
você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança
que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão
humilhantes e seria uma tragédia se ela
acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito
de estar com raiva, mas isso não te dá o
direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não o ama do
jeito que você quer que ame, não significa que
esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas
simplesmente não sabem como demonstrar
ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser
perdoado por alguém, algumas vezes você tem
que aprender a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que
julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu
coração foi partido, o mundo não pára para que
você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar
para trás. Portanto, plante seu jardim e
decore sua alma, ao invés de esperar que
alguém lhe traga flores. E você aprende que
realmente pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito
mais longe depois de pensar que não se pode
mais. Que realmente a vida tem valor e que
você tem valor diante da vida!

"Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar."

William Shakespeare

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Atchim



GentEm! Tô passando para justificar minha ausência neste esquecido blog. Além da correria típica do final do ano (adoro), não resisti à gripe Tribuna. Acho que 70% da redação está ou já esteve doente. Os outros 30% ainda ficarão! Sério mesmo, fazia tempo que não ficava tão mole, doída e sem respirar bem. Well, espero voltar em breve com paciência para escrever umas coisinhas que andam pela caixola 

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Cabelos desesperados




Uma bucha está mais macia que meu cabelo! Exagero? Não! Só pra terem uma ideia, ontem meu marido pegou no meu cabelo e disse: tá precisando de uma hidratação (!) Vale a ressalva que ele não é, digamos, do tipo de homem sensível que se liga nessas coisas. Portanto, sentiram o drama?

Claro que ele tem razão, estou mesmo precisando fazer uma mega-ultra-super-hiper hidratação. Mas, o problema não é só esse. O bichinho tá mesmo uma palha. E já fiz de um tudo pra melhora-ló. Não faz um mês que passei radicalmente a tesoura. Experimente passar dois dias sem lavá-lo pra ver se a oleosidade natural (que é muita) resolveria e.... nada.

Batendo pernas no shopping tive um estalo e entrei no Boticário. Linha Spa. Pensei: "Pode ser a saída" e me joguei sem medo no Shampoo e Condicionador de algodão. Well... Vale destacar que o cheiro é ma-ra-vi-lho-so! Coisa pra você passar o dia cheirando o próprio cabelo, mas parece que piorou a situação. Sério mesmo, os fios ficaram um horror! Sabe aquela coisa espetada, com as pontas parecendo alisamento fuleiro?? Que decepção! Não indico mesmo!

E pra não gastar mais 40 pilas com shampoo resolvi comprar um da nova linha Seda. Vamos ver se os experts criaram mesmo uma linha popular tão boa quanto prometem. Eu e meus cabelos agradeceríamos...

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Look Formanda

Ontem eu achei na casa dos meus pais umas fotos da minha formatura de Jornalismo. Sabe quando você se olha dos pés a cabeça em uma foto e consegue resgatar a felicidade do momento?? Hehehehe
Aconteceu isso. Olha só o meu look "formanda"



Tenho esse vestido até hoje. Lembro que queria um vermelho, bati o Recife e não me agradava de nada. Já desistindo e comprando um mais ou menos vejo esse numa arara. Foi amor a primeira vista! Quando vesti decidi que era ele o "cara".



Não lembro a marca, mas sei que foi um dress diferente do de todo mundo.


Óbvio que pra usá-lo prendi o cabelo e abri mão de acessórios. Apenas um brinco pequeno e as unhas vermelhas. Hoje não usaria o relógio.

Apesar de já fazer um tempo ainda acho que ele é usável. E aí, que acharam?

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

"De pernas pro ar"


Então tá, criei coragem e sai a noite. Programinha light: assistir ao musical de Cláudia Raia, “De pernas pro Ar”. O espetáculo foi montado no Chevrolet hall, um lugar destinado à shows. De início fiquei curiosa pra ver se o espaço poderia se transformar em teatro. Confesso que não achei o ambiente acolhedor, mas como a intenção é popularizar o gênero, tá valendo.


Primeira coisa que me chamou a atenção foi o cenário virtual. Tudo em 3D, usando exclusivamente a iluminação. Muito colorido e em sintonia com a história. Modernoso e bem bacanudo. A thilha sonora é aquele bem de musicais, Broadway style. E um segredinho: Cláudia Raia dubla do início ao fim, ao contrário dos principais atores da peça. Mas inegável que a voz dela é boa. Divina mesmo foi a orquestra atrás do palco! Show de bola os músicos e o “time” com os dançarinos.

O figurino é super simples, sem muita invenção. Destaque maior pro último modelitcho. Um micro vestido cobre, brilhoso e que passa bem o recado: toda mulher pode ser uma estrela.

De resto, confesso que esperava mais. O enredo é meio óbvio (e também universal). É a história de uma dona de casa, quarentona, dona de uma vida certinha e sem graça. Humberto, o marido, é invisível e nunca a escuta (eu disse que era óbvio). O legal é que toda a história é se passa durante um sonho de Helô. Insatisfeita com a vida que leva, as pernas da personagem se revoltam e passam a fazer apenas o que querem. Verdade, em alguns momentos é engraçado, MAAAASSS, não vale 120 pilas não!



Ok, meninas, eu sei: vocês querem saber mesmo é da Cláudia Raia, né? Eu sei... e digo logo, também fui por isso. É sim uma mulher bonita e, mais que as pernas, o que me impressionou foram os braços. Lin-dos! Cheio de músculos, nada se mexe neles, mas não é over. Per-fei-tos! E por favor, não me matem: mas não achei nada demais nas pernocas. Estava pensando sobre isso e, sim, eu sei, aposto que tem muita gente aí pensando que isso é despeito. Hihihihi. Agarantcho que não. Acho que é porque a gente tende a imaginar uma pessoa perfeita, fora do normal, extra-super-hiper-mega diferente de nós “simples mortais”. E não é bem assim, vamos combinar. O conjunto dela é lindo. Pele, cabelo, corpo. Mas, sim! é possível cruzar nos shops com muitas Cláudias Raias! Que bom, né?

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Fortalecida




A gente passa por momentos de turbulência. A vida nos coloca diante de situações que temos que escolher. E cabe apenas a nós escolhermos o que é melhor. Melhor pra nós e apenas para nós. É algo parecido com a legítima defesa do direito. É você ou eu. E nada mais justo do que escolhermos o "EU". E com essa certeza, de repente, tudo melhora, tudo fica mais leve. São como nunves carregadas que são levadas pelo vento e dão lugar a um céu azul e a um dia cheio de luz e calor.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Gostei tanto disso...



"Acho que devemos fazer coisa proibida - senão sufocamos... Mas sem sentimento de culpa e sim como aviso de que somos livres." (Clarice Lispector)

terça-feira, 3 de novembro de 2009

New Look


Não aguento mais minha cara. Impossível pra mim deixar o cabelo crescer. O máximo que consegui deixar crescer foi para o meu casamento e mesmo assim nem gostei do penteado. Fato é que estou torrando meus miolos para encontrar um corte de cabelo legal, diferente. Sabe a fase de andar na rua reparando o cabelo do povo? Olhar revistas, internet, televisão... O máximo de interessante que achei foi esse de Victoria Beckham. Será que ficaria legal na minha pessoa?

domingo, 18 de outubro de 2009

Sonhos

Fazia tempo que não sentia o gosto dos sonhos. Teriam eles voltado?
Lembro muito bem da última vez que eu sonhei com fé. E Ele tinha gosto, cheiro e até podia tocá-lo. Foi em 1994. Mas, agora é como se não fosse eu, ou melhor, era o eu que preferia ser e que já fui. E como nas histórias infantis os passarinhos comeram as migalhas de pão que marcavam meu caminho de volta.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Inveja


Sempre que eu vejo os carros estacionados nos boxes de Interlgos morro de inveja. Cada vez que o Circo se arma nesse hemisfério do Planeta eu sinto meu coração apertar de saudades...

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Apagou

Ahahahahahahahahaha

Acabei de perder um texto ENORME que havia escrito agora. Sinto muito, mas o sono me domina. E sim, estou com muitaaaaa raiva!!! Ainda não acredito que isso aconteceu. Já é o miléssimo texto que escrevo e não consigo publicar! PQP, que quinzila é essa, heim?

Vaidade sem foco

"Quem não se ajeita, por si se enjeita". Minha mãe adora ditados e outro dia soltou esse pra mim. Eu, claro, nunca tinha ouvido esse. Na hora dei risada e fui embora, mas hoje me olhando o espelho fiquei "rosa chiclete".





Pelos menos dois dedos de cabelos brancos, sobrancelhas de fazer medo, unhas que há mais de mês não veem manicure. Nesse breve resumo bem que estou parecendo um monstrinho largado, né? E estou mesmo!



O fato é, meus amigos, que essa historinha de acordar todos os dias as 4 da manhã, passar a tarde assistindo aula e chegar à noite e encarar os trabalhinhos básicos de uma casa. No tempinho livre que tenho, sabe qual a única vontade? Quem respondeu se jogar no sofá acertou!!

Já se foi o tempo em que só andava em cima do salto 15. Dia desses fui trabalhar com um saltão e vários colegas comentaram "nossa como você tá alta". Quem me conhece há algum tempo sabe que sapato alto e eu somos praticamente a mesma coisa (ou seria pessoa??).

Pois bem, hoje resolvi encarar um saltinho básico. Recebi sim vários elogios. Quer dizer, o sapato recebeu. Sim, percebi os olhos da mulherada no curso olhando bem para os meus pés. Mas, noooossa, como meus dedos sofreram!!!

Sem contar com os obstáculos nas calçadas que não ajudam em nada o equilíbrio. São buracos, raízes de árvores, carros estacionados, cocô de cachorro de madame, pedras soltas... Tudo contribuindo para meu arrependimento e a imediata saudade da minha rasteirinha.

Moral da história? Estou mesmo ficando velha. E relapsa. É fato!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Atualizações

Realmente não está dando certo minha tentativas de atualizar esse blog. Já escrevi quatro textos e na hora de postar alguma coisa dá errado. Hoje mesmo achei uma brecha na correria da manhã e escrevi, na hora de publicar.... internet caiu! Outro dia, foi o marido que quebrou a tela no computador... Enfim, fé em Deus que um dia dá certo. Agora tô na carreira para aula.
Beijotchau

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Promessa

A coisa aqui anda meio parada, né? Mas, logo isso vai mudar. Aguardem!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

PRIMAVERA


Bem Vinda a minha estação preferida. Amo, amo, amo! Amanheci mais feliz só porque hoje é 21 de setembro. Sejam felizes meus amores!


domingo, 6 de setembro de 2009

Poesia

Achei essa poesia nesse blog aqui: www.feitadefe.blogspot.com e amei.

Onde está aquela menina?
Se reinventou, escreveu novas histórias.
Se perdeu no tempo.
Não quer mais rendas, nem colecionar figurinhas.
Não coleciona mais nada além das lembranças.
Não tem medo de ficar sozinha.
E até gosta da idéia.
A menina se foi.
Nos diários antigos, não reconhece nada, nem a letra – redonda, racional.
Tanta insegurança, tantas pequenices esquecidas numa folha velha cheirando a mofo.
Resolveu guarda-la só por segurança.
Com receio de ir tão longe ao ponto de perder a si mesma.
É preciso lembrar.
A menina passou por ali.
Aquela que morreria de velhice aos 30 anos.
Que iria casar com o primeiro amor.
Que seria veterinária e teria duas filhas.
Que teria empregada, por não saber cozinhar.
Dela ficaram os hábitos de observar, pensar, escrever.
A quietude não mudou.
E assim, quieta, como quem passeia, ela caminhou para longe...
Para onde vai a menina?

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Procura-se

Procura-se JOÃO DIONÍSIO desesperadamente. Quem souber mande pelo menos um sinal de fumaça. Pago recompensa.

sábado, 1 de agosto de 2009

Carta aberta

Sim, eu tenho orkut. Como vocês veem (e leem) também mantenho um blog há anos. E agora me apaixonei de vez pelo Twitter. É claro que existem riscos e também uma certa exposição. Mas, quem está na chuva é pra se molhar, não é? Pois aqui estou eu!

Apesar de tudo isso, eu NUNCA, nunca mesmo tive problemas por causa da internet. E acho que há uma razão muito simples pra isso: não preciso esconder absolutamente nada de ninguém. Nem de amigos, nem de marido, nem de chefe, tampouco de colegas (uns nem tanto) de trabalho. Não há nada para esconder. NA-DA.

Queridos, no dia que tiver um dia de cão (seja por qual motivo for) e me der vontade de escrever, vou escrever. No dia que algo me incomodar e eu quiser expor, vou fazer isso sim. E qual o problema?? A interpretação que gente MAU CARÁTER vai dar??

Gente, é uma inocência pensar que as pessoas não conhecem as pessoas. Todo mundo sabe quem não vale um real, não sabe? Escuta esse tipo de gente quem quer (ou quem também não vale nada). Assim sendo, essas interpretações, tenham certeza, vão valer ainda menos pra quem realmente importa.

Apesar disso, ainda me surpreendo com o fato de ter gente que perde tempo pra acompanhar a vida dos outros apenas para disseminar fofocas maldosas. Tanta coisa mais importante pra fazer e se preocupar. Tanta coisa pra aprender de bom com a vida. Mas, tudo bem, eu entendo. Não dá pra cobrar atitudes altruístas de gente mesquinha e limitada. Cada um dá aquilo que pode. E uns podem muito, muito pouco. Mas, não custa lembrar: Sua vida é limitada. Não perca tempo vivendo a vida de outra pessoa.

Quanto a mim, vou levando a minha vida com tranquilidade e na maior transparência. Afinal, EU POSSO!

Era isso. E pra não perder a piada "chuta que é macumba" (devidamente chutada e ignorada).

terça-feira, 14 de julho de 2009

Desabafo em forma de canção

Ja' nao tenho dedos pra contar
De quantos barrancos despenquei
E quantas pedras me atiraram
Ou quantas atirei

Tanta farpa, tanta mentira
Tanta falta do que dizer
Nem sempre e' "so easy" se viver

Hoje eu nao consigo mais me lembrar
De quantas janelas me atirei
E quanto rastro de imcompreensao
Eu ja' deixei

Tantos bons quanto maus motivos
Tantas vezes desilusao
E quase Quase nunca a vida e' um balao

sábado, 4 de julho de 2009

Twitter

Eu juro, juro mesmo que não quero me viciar nesse negócio de Twitter. Dou conta de tanta coisa virtual não!

terça-feira, 30 de junho de 2009

quinta-feira, 25 de junho de 2009

O que faz a diferença

Esses dias descobrir o poder de uma BOA maquiagem. A responsável pela transformação foi minha amiga e maquiadora da TV Tribuna, onde trabalho, Verônica Paz. Quando vi olho "básico" que ela fez nem acreditei que eu era a mesma pessoa. Desenhou minha boca de um jeito inacreditável. Vê o que Verinha fez só aumentou a frustração com a maquiagem do meu casamento. E me perguntei porque a gente não valoriza quem está do lado.

A demonstração dela já teve um efeito. Produziu um rombo no
orçamento com as sombras, base e corretivo que TIVE que comprar. E assim que o R$ der, vou fazer o curso de auto-maquiagem que ela faz. Alías, quem se interessar pode falar comigo. Pelo menos pra mim que sou uma leiga completa em pincéis, esfumaçado e formatos de rosto será de muito proveito!!

Ah, ela tem um blog, por sinal desatualizado, mas que adoro. http://veronicapazsouza.blogspot.com/

terça-feira, 23 de junho de 2009

Vício

Às vezes eu não sei o que acontece com a minha mente. Às vezes não, mentira: sempre. Quer ver?? Existe coisa mais odiável no mundo do que se viciar em uma novela? Parece que seu mundo gira em torno daquele horário, uma espécie de relógio paralelo que vai definir se o jantar será antes ou depois da trama indiana.

E aí você se flagra falando ridiculamente sem parar (e sem pensar) “are bába!!” e coisas do gênero. Decora o nome de todos os personagens e se sente parte da “vida” deles. Pior ainda é ficar na cabeça com a brilhante música “você não vale nada, mas eu gosto de você...”

Agora, fim da picada mesmo é ler o resumo dos capítulos da semana e ainda assim assistir todos os dias. Agora, me digam: praqueisso??? Ou eu não to mais respondendo pelos meus atos ou preciso urgente de um psicólogo antes que a coisa não regrida mais.

Conclusão

"... Se a via crucis virou circo estou aqui"

Renato Russo

segunda-feira, 22 de junho de 2009

ABSURDO

AGORA EU ENTENDO PORQUE A REVISTA VEJA É UMA MERDA. UMA PUBLICAÇÃO TÃO QUESTIONÁVEL E QUE DESCONHECE O SIGNIFICADO DA PALAVRA INSENÇÃO. LEU NA VEJA? AZAR O SEU! AGORA, MAIS DO QUE NUNCA!

O texto abaixo é a última "Carta ao Leitor" da revista Veja. E vive a democracia!


"O Supremo Tribunal Federal varreu da legislação brasileira mais uma herança da ditadura militar: a obrigatoriedade do diploma de jornalista para quem exerce a profissão. Ao defender o fim dessa excrescência, o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, disse que ela atentava contra a liberdade de expressão garantida pela Constituição Federal a todos os cidadãos. "Os jornalistas são aquelas pessoas que se dedicam profissionalmente ao exercício pleno da liberdade de expressão. O jornalismo e a liberdade de expressão, portanto, são atividades imbricadas por sua própria natureza e não podem ser pensados e tratados de forma separada", afirmou o ministro. Além de ferir o direito constitucional, já que impedia pessoas formadas apenas em outra área de manifestar seu conhecimento e pensamento por meio da atividade jornalística, a exigência teve o seu ridículo exposto por uma comparação brilhante de Gilmar Mendes: "Um excelente chef de cozinha certamente poderá ser formado numa faculdade de culinária, o que não legitima o estado a exigir que toda e qualquer refeição seja feita por profissional registrado mediante diploma de curso superior nessa área".

A obrigatoriedade do diploma foi impingida em 1969, auge do regime de exceção instalado cinco anos antes, não para melhorar o jornalismo brasileiro, mas para controlar o acesso às redações de repórteres, editores e fotógrafos que eram considerados ameaçadores aos generais. Com a redemocratização do país, a norma passou a servir de instrumento de pressão política de sindicatos sobre jornais, revistas e emissoras independentes. O fim da obrigatoriedade alinha o Brasil com as nações onde o jornalismo abriga, sem embaraços de nenhuma espécie, todos aqueles que encontraram no ambiente dos meios de comunicação a melhor maneira de dividir o que aprenderam nos campos da economia, da ciência, do direito, das artes, da moda e do esporte. Dessa forma, ganham em qualidade redações, leitores e espectadores. Poderão ganhar também as faculdades de jornalismo, que terão de rever currículos, a fim de formar alunos mais bem preparados para uma competição que se afigura mais dura"

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Dalit

Com a decisão do Supremo Tribunal Federal na última quarta-feira bateu o martelo: qualquer um pode ser jornalista. Com todo respeito, até analfabetos e garis podem escrever para jornais ou quem sabe ser assessor de imprensa de um dos excelentíssimos ministros do STF.

Confesso que achava tão absurda a decisão que nem me preocupei com o julgamento. Tinha a mais absoluta convicção de que tamanho despaupério jamais passaria. Porém, depois da decisão proferida, dos votos de praticamente todos os ministros, e principlamente dos "argumentos" utilizados mudei de ideia. Não causa surpresa que eles achem que qualquer um pode ser jornalista. Eles mesmos se acham, eles acreditam que podem fazer tudo. E acham por pura arrogância, pseuda superioridade. Nada tem a ver com o decreto-lei de 1960 que obriga o diploma superior e que não teria sido recepcionado pela Constituição de 1988. Eu mesma, no tempo obscuro em que trabalhei na Escola Superior da Magistratura de Pernambuco, sofri muito com a certeza deles (juízes e desembargadores)de que eram jornalistas, de que conheciam mais do assunto do que eu. Era uma falta de respeito tão, mas tão grande que até hoje me pergunto porque me submeti durante sete anos. Até me perguntava se no dia em que saísse ia enxergar as coisas diferentes e ia dizer "era feliz e não sabia". Pelo contrário. Mas, não é sobre isso que estou escrevendo.

O fato é que agora sou uma Dalit, uma poeira. Melhor seria mesmo ser cozinheira. Olha só o que o presidente do STF, relator do processo, Gilmar Mendes argumentou para votar contra o diploma:

“Um excelente chefe de cozinha poderá ser formado numa faculdade de culinária, o que não legitima estarmos a exigir que toda e qualquer refeição seja feita por profissional registrado mediante diploma de curso superior nessa área”, comparou. “O Poder Público não pode restringir, dessa forma, a liberdade profissional no âmbito da culinária. Disso ninguém tem dúvida, o que não afasta a possibilidade do exercício abusivo e antiético dessa profissão, com riscos eventualmente até à saúde e à vida dos consumidores”, acrescentou Mendes, que disse acreditar que a decisão desta quarta não vai contribuir para o fechamento de faculdades de comunicação social.

Brilhante, não? O que eu, uma simples Dalit, poderia comentar da comparação tão feliz, embassada, genial do excelentíssimo Bramanni?

O que sei mesmo é que o que já era ruim ficou pior ainda. Pra ter uma ideia se eu estivesse (toc toc toc) no voo 447 que caiu no oceano, a milha família teria que pagar indenização a Air France. Afinal o que uma jornalista f*** estaria fazendo em um voo para Paris? Se for pagar pela pespectiva de rendimentos realmente teria pena dos meus parentes.

_____________________________________________________________________

P.S - desculpem, sei que a piada foi de mau gosto, mas é que estou sob efeito da inspiração dos ministros do supremo (minúscula de propósito) ou seja: da minha cabeça só sai merda. Ops, perdão de novo!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Questões

A minha pergunta é simples: Por que a Preta Gil é gorda e a mulher melância gostosa?

terça-feira, 16 de junho de 2009

??Compromisso??

Há um ano, mais ou menos, eu fiz uma lista de coisas importantes pra mim. Eram atitudes e coisas simples que me propus a fazer em nome do meu próprio bem estar. Entre os itens estava ouvir minhas músicas preferidas, não deixar meus muitos fios brancos de cabelo aparecerem, usar sempre batom.


Pois bem, achei o arquivo com essa lista perdido no meu pen drive e sabe qual a conclusão? Não fiz absolutamente NADA do que escrevi. Nadinha. Pior: parece até que, de propósito, fiz exatamente o contrário. Até eu estou impressionada...

terça-feira, 9 de junho de 2009

Air France I

Pernambuco não existe mais. Transformou-se num air bus no fundo do oceano. E essa cobertura está me deixando (mais) louca.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Adilson Couto

Mais um que se vai. Adilson Couto, moço de voz forte e jeito doce. Tanto me ajudou no início, me acolheu com seu abraço apertado e seus conselhos.

A notícia da morte mais uma vez me pegou, me derrubou. Desejo com todas as forças que tenho que ele esteja num lugar maravilhoso, acolhido, amparado, feliz, em paz.

Desejo do mesmo jeito que os amigos, a família e especialmente a filha Marcela, que tinha no pai um ídolo, sejam da mesma forma amparados, acolhidos e em paz.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Corrupção


Acabei de presenciar no supermercado uma das formas mais mesquinhas de corrupção, se é que isso existe.


Um "nobre" e bem aparentando senhor estava trocando ovos. Colocava os mais caros em uma caixa que estava em promoção. O pior de tudo é que ele não aparentava achar que fazia nada demais.


O cúmulo da vontade de levar vantagem em tudo. E depois ainda fazemos discursos inflamados sobra a corrupção em Brasília.

terça-feira, 26 de maio de 2009

ombudsman de mim mesma

Há algum tempo eu tinha a ideia de fazer um blog para publicar apenas as curiosidas, gafes e afins da imprensa, especialmente a Pernambucana. Mas,tudo não passou da minha cabeça. Gerenciar três blogs só ia me fazer levar um deles, quisá os três, à falência.

Desta forma, inauguro hoje um espaço, aqui mesmo, para repassar aos meus poucos leitores minhas impressões sobre o que é publicado e levado ao ar.

Antecipadamente aviso que usarei da ética ao relatar os fatos, mas nunca gostei da política de "contar o milagre e esconder o santo". Até porque inauguro o espaço com um fato que foi ao ar no jornal que eu mesma edito.

Como a ética está acima de tudo e o respeito também vou dizer onde, em que veículo a baboseira foi ao ar. Combinado? E se algum coleguinha mais mau humorado (o estresse diário e os baixos salários nos deixam a mercê dessas crisesinhas) não gostar, pode ficar tranquilo: aqui o direito de resposta é garantido, independente de Lei de Imprensa. Mas, que lei mesmo de imprensa? Tá, posso revogar essa decisão a qualquer momento, ao meu bel prazer, inspirada pelos nobres ministros do STF, ok?

Esclarecidas as regras, vamos a minha merda.

Coloquei no ar uma matéria sobre a prisão de quatro homens que estariam com um fuzil de grosso calibre. Estavam todos "dentro de taxi que estava transitando no interior de uma comunidade muito perigosa lá".

Considerações:

1 - "Lá" onde?
2 - "Transitando no INTERIOR de uma comunidade"??? Interior mesmo? Melhor não comentar.
3 - Comunidade perigosa no Recife? Nããããããoooo.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Novidade?

Motoristas do Tribunal de Justiça de Pernambuco desrespeitam leis de trânsito
Carros oficiais de juízes e desembargadores foram flagrados em fila dupla e estacionados nas calçadas

Da Redação do pe360graus.com


Quem vai ao centro do Recife de carro sabe que vai encontrar dificuldades para encontrar estacionamento. Há muitos veículos, poucas vagas e o resultado é o desrespeito às leis de trânsito. Carros estacionados em locais proibidos ou em filas duplas são cenas que quem passa pelo centro da cidade está acostumado em ver. O problema é que até quem deveria dar o exemplo, desrespeita essas leis.

Uma equipe do NETV flagrou motoristas do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) desobedecendo as regras do trânsito na rua do Imperador, uma das mais movimentadas do Centro do Recife, onde ficam localizados os bancos e repartições públicas e o próprio Tribunal de Justiça. No local, carros de juízes e desembargadores estavam estacionados em fila dupla.

Ao perceberem a presença da equipe, alguns motoristas retiraram os carros, mas um veículo permaneceu parado na calçada, dificultado a passagem dos pedestres, e outro foi flagrado ocupando uma vaga destina aos táxis. "Quando a gente vai estacionar o táxi não pode porque os carros do Tribunal estão aqui. A gente fala para o motorista tirar, mas ele diz para chamar a CTTU, que não multa esses carros pretos de jeito nenhum", disse o taxista Jean Lins.

A reclamação do taxista foi confirmada por um agente de trânsito que afirmou que os carros oficiais não são multados. "Não multamos. Existe um tipo de comunicação entre a CTTU e o pessoal da Justiça para que eles tomem uma providência e não haja um atrito entre os poderes. Eles têm um tipo de placa que a gente considera de desembargador", disse o agente de trânsito da CTTU Luiz Alves.

O presidente da CTTU, Carlos Padilha, afirmou que esse procedimento não existe e que o agente de trânsito estava equivocado. "Não existe na legislação nada que proteja nenhum cidadão das regras do trânsito, esse agente está mal informado. O que existe nessa região do Palácio da Justiça e Palácio do Governo do Estado é uma articulação entre a CTTU e o BPTRAN, porque é uma área de segurança pública por conta das autoridades ali presentes. Por conta de protestos e manifestações nessa área, as vezes nós transferimos a responsabilidade da fiscalização dessa área para o BPTRAN", afirmou.

De acordo com Carlos Padilha, para minimizar esses problemas a Prefeitura do Recife “autorizou a constituição de uma comissão para estudar a possibilidade para que a iniciativa privada possa construir edifícios garagens na área". Ele disse ainda que até o final do ano os estacionamentos destinados aos órgãos públicos serão banidos. “Em cima da nova resolução do Contran que substitui a 592, de 1982, que impede que órgãos públicos tenham estacionamentos, temos até dezembro para eliminar os estacionamentos especiais e transformá-los em áreas de estacionamento para o público em geral", afirmou.

O secretário de Administração do TJPE, Ricardo Lins, afirmou que os motoristas de juízes e desembargadores são orientados a não desrespeitar a lei. "É uma incoerência o Tribunal de Justiça praticar uma ilegalidade dessa natureza. Nós orientamos justamente o contrário, que esses motoristas não estacionem em filas duplas, deixem os passageiros e se desloquem para outro local. Nós tomamos conhecimento e já estamos providenciando um espaço aqui perto do Fórum Tomas de Aquino”, afirmou.

Sabe o que acho mais "engraçado" nisso tudo? É que desde que me conheço por gente isso acontece no Centro do Recife e em todos os locais onde há uma mínima concentração de juízes e desembargadores. E eles não estão nem aí, muito pelo contrário. Vale tudo, desde que não comprometa o conforto e os interesses deles. Sempre fui indignada com isso. Exatamente porque os que deveriam dar o exemplo são os piores foras da lei. Eles não acham, eles têm certeza que estão acima da lei.

Certa vez eu presenciei um excelentíssimo juiz (hoje desembargador substituto)parar, com o carro particular, em um local proibido e levar uma multa. Ele não teve dúvidas: chamou o office boy da empresa e pediu a carteira dele, para colocá-lo como condutor e levar os pontos na carteira.

Aí vem esse senhor, que talvez melhor se colocasse como humorista e não como adminstrador, dizer que "os motoristas de juízes e desembargadores são orientados a não desrespeitar a lei."

Sei... E eu sou a Angelina Jolie e sou casada com o Brad Pitt.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Comemoração

Que bom, que bom, que bom (mesmo) que essa porcaria de Libertadores acabou pras bandas de cá! :)

terça-feira, 5 de maio de 2009

Vertigem

É assim que tô me sentindo hoje. Arretada com umas idiotices e seus autores (as)

Uno dos tres catorce!
Lights go down, it's dark
The jungle is your head
Can't rule your heart
A feeling is so much stronger than
A thoughtYour eyes are wide
And though your soulIt can't be bought
Your mind can wander
Hello hello, (hola!)
I'm at a place called Vertigo
(Donde estás?)
It's everything I wish I didn't know
Except you give me something
I can feel,
feel
The night is full of holes
As bullets rip the sky
Of ink with gold
They twinkle as the
Boys play rock and roll
They know
they can't dance
At least they know....
I can't stand the beats
I'm asking for the cheque
The girl with crimson nails
Has Jesus round her neck
Swinging to the music
Swinging to the music
Oh oh oh ohHello hello
(Hola!)
I'm at a place called Vertigo
(Donde estás?)
It's everything
I wish I didn't know
But you give me something
I can feel, feel Check mated
Hours of fun
Show meaning!
All of this, all this can be yours
All of this, all this can be yours
All of this, all this can be yours
Just give me what
I want and no-one gets hurt....
Hello hello
We're at a place called Vertigo
Lights go down and all
I know
Is that you give me something
I can feel your love teaching me how
Your love is teaching me how, how to kneel...
Yeah yeah yeah yeah

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Twitter

Ah, então a moda agora é um tal de Twitter, né?
Então tá, também tô por lá pra saber que "novidade" é essa.
http://twitter.com/linslaura

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Um Cara legal

Eu já estava acostumada a escutar a voz dele. Era um convívio diário há quase três anos. O tipo de coisa que te faz sentir próximo. Até que um dia ele apareceu no meu trabalho. Nem precisei ser apresentada. Pelo "bom dia" eu reconheci. Não esqueço o olhar tímido e doce. Também meio tímida, expliquei a ele como funcionava o telescript. Mostrei a agenda e indiquei o contato de São Paulo com quem sempre poderia falar para pedir as gerações. E a indefectível frase: " se precisar de ajuda é só chamar".
.
Durante todo esse ano me acostumei a vê-lo pelo menos umas duas vezes por semana. Sempre na ilha de edição, concentrado, calmo. Através do vidro identificava o mesmo olhar doce e tímido do primeiro dia. Invariavelmente pensava que "um dia", assim que tivesse um "tempinho" iria interromper o trabalho dele para um dedinho de prosa. Conversar sobre futebol, tentar relembrar uma época em que o trabalho me dava tanto prazer. Queria contar-lhes estórias vividas com aqueles colegas de trabalho dele que um dia também foram meus. Queria que soubesse que o ouvia a bastante tempo, que eu também ria com o "amigo Mário"...
.
Só que eu por uma série de coisas que nem sei explicar, nunca fiz isso. Nunca bati naquela porta, nunca ultrapassei aquelas paredes de vidro por onde tantas vezes trocamos olhares, nunca tive essa conversa... E agora ficou o vazio. A cadeira vazia, a ilha sem ninguém, o silêncio da palavra não dita e a ausência definitiva daquele moço de olhar tímido e doce...
.
Vai ser estranho não escutar mais sua voz. Sentirei saudades dos encontros por mim planejados das quintas-feiras e que agora jamais acontecerão.
.
A gente não é dono da vida, mas insistimos na idéia boba de que temos todo o tempo do mundo à nossa disposição. Nesses dias ouvi tanta coisa bacana à respeito desse moço e minha torcida é para que os outros tenham tido tempo de terem dito tudo pessoalmente a ele, que não tenham negligenciado como eu fiz. Prefiro acreditar que ele partiu sabendo de tudo que os amigos achavam e sentiam por ele.
.
Prefiro apenas acreditar que ele está lendo nesse momento essas minhas palavras e que, talvez, agora possa entender que aquele meu olhar tímido era também um olhar de admiração. E assim eu possa me desfazer dessa angústia que me invade.
.
Abaixo um poema que era dele.
.
Eu acredito num amor intenso
Tal a chuva que derrama a água prevista para o ano todo
Mas não para de cair depois
Um amor intenso
Sem regras...
Sem explicações
Um amor intenso
Que surge como se sempre tivesse existido
E vai além de uma paixão irrefreável
Vai além do sim, do não e do talvez
Um transbordamento de vida na alma
Acredito num amor intenso
Acredito em algo que estremece no primeiro olhar
E depois faz todo olhar ser como o primeiro
Algo que se espalha pelas madrugadas
Como se o Sol estivesse sempre nascendo ou se pondo
Acredito num amor intenso
Súbito...
Ainda que esperado...
Eterno...
Ainda que se cale...
Divino...
Mesmo que humano...
Eu só acredito no amor intenso!
.
Andreson Falcão

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Constatação

Aff, às vezes eu sou tão provinciana!
...

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Laura tem certeza absoluta que o Destino lhe reserva coisas grandiosas, tão grandes que seus sonhos podem influenciar todo o sonhar.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Delicadeza

Eu queria tatuar bem grande em mim a palavra DELICADEZA. Acho que algumas vezes serveria até pra mim mesma lembrar a importância das pessoas. Ultimamente tenho me debatido muito com isso. Por que as pessoas esquecem que lidam com outras pessoas? Eu não entendo essa guerra, essa coisa de querer aparecer as custas do outro, de não se assumir erros, de se viver falando mal, pregando o mal. E, apesar dos inúmeros conselhos, não, EU NÃO VOU ENTRAR NESSA GUERRA!

E quem quiser fique bem a vontade para falar mal de mim, para não gostar de mim, para tentar me sacanear, pra perder tempo com fofoca. Até mesmo para não confiar em mim. Isso é uma questão de conquista e, como quase tudo na vida, uma recíproca. Eu tenho um trabalho a fazer e uma vida pra cuidar. Tenho tempo pra dos outros não.

Movimento Pró-delicadeza.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Sobrevivente II

O estrago foi maior do que eu pensava. Pobrezinho do meu carrinho está inundado. Duas poças se instalaram aos pés do motorista e do passageiro. E se o carro estiver numa subida, elas se mudam para a parte de trás. E o cheiro?? Um horror!

O motor está com um barulho meio estranho, um trunc, trunc, trunc indecifrável. E, para minha surpresa, as calotas dos pneus da frente desapareceram. Alías, ficou um pedaço de uma delas. A água não perdoou nada!

Depois que a gente passa um perrengue desses é que ver o quanto de inocência se tem. Só mesmo uma pessoa sem noção como eu é que poderia se preocupar mais com o jornal que precisava ser fechado do que com a segurança. Quando lembro da água por todos os lados ainda tremo. Fiquei lembrando daquelas matérias que passam no Jornal Nacional mostrando o povo em cima dos carros tentando se salvar.

Quer saber?? Nunca mais uma dessas... Se der para chegar, eu chego, se não der... meia volta. Afinal, não pretendo me transformar em notícia.

SOBREVIVENTE



Recife e Olinda amanheceram, literalmente, embaixo d´água. E daí? Você pode perguntar. Daí que eu moro em Recife e trabalho em Olinda. Daí que sai de casa às 4:30 da manhã, sozinha para ir trabalhar e, claro, tive que encarar o aguaceiro. Fazia tempo que eu não rezava tanto. Meu carro deu sinais que não ia suportar e que morreria afogado. Por sorte e ajuda dos anjos ele seguiu em frente, mas não sem consequêcias. O bichinho está que parece uma piscina, cheio de água por todos os lados. Prejuízo meu, que vou ter que arrumar um jeito de mandar lavar e enxugar tudo com URGÊNCIA!

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Clareza

Eu realmente não sei como consigo não aprender as coisas. Agora, me respondam: Como uma pessoa, no meio de uma briga com uma colega de trabalho, na frente da chefe diz: "EU NÃO CONFIO EM VOCÊ!" ? Precisa, Laura, ser sempre tão clara?? Há certas verdades que não precisam ser ditas, né?

O fato é que, dizendo ou não, precisava desse arranca-rabo pra me sentir mais segura e confiante na qualidade do trabalho que faço. E viva a baixaria!

terça-feira, 7 de abril de 2009

Responsabilidades

Tipo assim, todo mundo concorda com você, dá tapinhas nas suas costas e diz que sabe que você está certa. Ouve apoio do tipo "estou bestificado" ou "é incrível que uma coisas dessas aconteça", mas, na hora do pegapacapá mesmo... Cadê todo mundo? Fogem igual formiga quando alguém ameaça o formigueiro!

Eu acho que sou mesmo uma figura em extinção. Como diz o meu marido "há momentos em que a inocência vira burrice". Estou aprendendo....

quinta-feira, 2 de abril de 2009

teste


Esses testes são uma onda. Mas, até que dessa vez falou bem de mim. Confira em: http://editora.globo.com/pesquisas/quiz_marieclaire_180309.htm

O meu resultado foi esse aí de cima e diz:
SALTOS CONFORTÁVEIS
Você é a "girl next door" que está pronta para qualquer situação – assim como os sapatos que tem no closet. É versátil, flexível e vai facilmente do básico para um lado mais "menininha" quando sai com as amigas, por exemplo. Sua atitude cool e ao mesmo tempo casual é prova da facilidade com que se adapta a vários estilos.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Early Morning

Tipo assim... É pra ir pra guerra??
Então tá!

+ 1 piada

Acabei de ver uma matéria na TV sobre demissões. No final, um conselho de uma especialista em HR: " todo mundo tem que se preparar para a demissão, que pode acontecer a qualquer momento".
A menos que você trabalhe na TV Clube, eu só queria saber como é que uma pessoa se prepara pra isso? E mais: como encontrar motivação para levantar todos os dias às 4h da manhã, como é meu caso, para ir ser demitida, ops, ir trabalhar???
Olhe, tem coisas que é melhor nem serem faladas, ainda mais na televisão...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Passagem de tempo



Eu definitivamente estou ficando velha. Deparei-me agora de manhã com esta foto feita ontem a noite no show do A-HA em São Paulo. Olhem a cara do Morten!!!! A imagem que eu tenho dele é a de 15 anos atrás, novinho, novinho... Tô deprimida!!!

terça-feira, 24 de março de 2009

Coisa fofo


Especialistas do Hospital da Vida Selvagem do Zoológico Taronga, na Austrália, mostram através da janela de um berçário um filhote Langur Grancois (Trachypithecus francoisi), espécie de primata ameaçado de extinção. O bebê foi batizado de “Elke”. Estima-se que apenas 1.000 exemplares habitem a região nordeste do Vietnã. (Foto: Torsten Blackwood/AFP Photo).

fonte: globo.com

sábado, 21 de março de 2009

Feliz Aniversário


É impossível chegar a 21 de março e não lembrar Dele. Impossível não imaginar como estaria hoje. O que estaria fazendo, que cara teria... Essas coisas que só a saudade explica. E que o tempo jamais apaga. Onde esteja hoje, aqui na Terra, existe uma pessoa que continuar a te desejar: Feliz Aniverário!

sexta-feira, 20 de março de 2009

About me

Acho que o meu problema é que fui mau educada pelos meus pais. Eles me ensinaram que existem outras pessoas no mundo e que elas merecem meu respeito. Eles me eninaram a tratar todos bem e com educação. Minhas grosserias ficam para os mais próximos, mesmo assim seguidas de um pedido sincero de desculpas. Não, eu não sou uma santa e perfeição passa longe de mim. Mas, eu não consigo tratar mal um colega de trabalho. O problema é que também não consigo me defender deles. Às vezes tenho a impressão que sou a escolhida como saco de pancadas exatamente por isso. Hoje decidi que a história não mais será assim.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Atleta

Segunda-feira eu inventei de caminhar. E assim, ontem lá fui eu, cheia de "vontade", para o Parque da Jaqueira. Em algum momento pensei:
"Cérebro, ou você produz agora essa porra dessa serotonina ou eu vou me acabar em uma barra de chocolate!"
Não sei se o tal neurotransmissor, que é um dos responsáveis pela comunicação entre os neurônios e produz sensações de prazer e bom humor foi ou não produzido, mas sei que logo após elaborar a frase eu cai na gargalhada. Assim, feito uma louca, no meio de uma caminhada.

terça-feira, 17 de março de 2009

desapontamento

Dei de cara, de novo, mais uma vez, mas a vida é assim, né? Tenho essa mania de acreditar e confiar nas pessoas. Fazer o quê? Acho que triste mesmo é não ser digno de confiança, não é? E assim eu vou aprendendo um pouquinho mais sobre o ser humano e seus interesses.
Tá, ok, já esqueci. Esqueci MESMO. ;)

quinta-feira, 12 de março de 2009

Internacional

Isso aqui tá ficando divertido. Desde que descobrir a ferramenta que me indica de onde vem e quem são os visitantes desse blog (que eu até pouco tempo achava que não existiam) que minha curiosidade não me deixa um dia sem checar. Mas, hoje me surpreendi. Esse blog já foi acessado de vários estados e cidades do Brasil e também de New York, Lisbon and Paris!

Livre expressão

Nem quero botar lenha na fogueira, até porque já tem muita gente queimando nela. Também não quero dar (mais) cartaz a quem merece simplesmente ser ignorado. Mas, vamos lá, confesso, não resisto. Perdoe-me Deus, pela minha insubordinação...


CARTA ABERTA AO ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFE, D. JOSÉ CARDOSO SOBRINHO

Caro D. José;

Escrevo sobre a excomunhão dos médicos que praticaram o aborto dos gêmeos da menina de 9 anos, estuprada pelo padrasto, aqui do lado, no município de Alagoinha, Pernambuco. Inicialmente, digo que não pretendo questionar ou criticar sua decisão: o senhor agiu corretamente, em consonância com os dogmas e postulados da Igreja Católica. Gostaria de pedir, isso sim, que já que o senhor está tomado pelo espírito de justiça segundo as Leis de Deus e as normas da Igreja, que prosseguisse com as excomunhões.
Sugiro, por exemplo, que excomungue os políticos e servidores públicos corruptos, eis que eles violaram um Mandamento da Lei de Deus (não furtarás);
De quebra, o senhor poderia também excomungar os padres pedófilos, já que eles pecaram - de forma gravíssima - pecado mortal! Aliás, eu gostaria de perguntar: o criminoso e pecador padrasto da pobre menina violentada, esse foi excomungado? Ah, esqueci, vi sua entrevista blasfemando, ops, dizendo que "o estupro é coisa pequena diante do aborto". Prosseguindo, o senhor deveria excomungar também as mulheres católicas que usam anticoncepcionais e os jovens católicos que fazem sexo antes do casamento usando camisinha, pois eles pecam contra a castidade, usando de artifícios para ter sexo apenas por prazer, e não para procriação.
Também excomungue os católicos divorciados, já que estes estão em permanente adultério. E já que está com a mão na caneta, aproveite e excomungue também os homens católicos que tem amantes, uma vez que estes também são adúlteros.
São as minhas humildes sugestões ao senhor, pelo bem do cumprimento da Lei de Deus!
Atenciosamente,
Laura Lins.
P.S - Será que desejar ardentemente ir ao show do U2 também é caso para excomunhão?

Inveja + Desejo = Quero ir!


Hoje de manhã eu checo meu e-mail e me deparo com esta mensagem:



Dear Laura,


U2 have revealed they'll be hitting the road this summer with the 360° Tour travelling to Europe and North America.
Opening in Barcelona on 30th June, the tour will visit 14 cities across Europe before arriving off in North America in Chicago on September 12th. Find all the dates on the U2.com tour page.
With an innovative 360° design you'll be able to see the show, unobstructed, from anywhere in the stadium. Don't believe us? Take a look.
First tickets for the U2 360° Tour go on sale this week and U2.com subscribers can enter a special presale ahead of everyone else. When you subscribe to U2.com you also get the double-CD 'U2 Medium, Rare and Remastered', a limited edition collection of rare tracks and lost early cuts.
Check out the U2.com subscription offer - and see how to get in early for your U2 360° Tour tickets.
best wishes
The U2.com Team.


EUROPEAN TOUR SCHEDULE:

30-JUNE - BARCELONA, SP - NOU CAMP0
7-JULY - MILAN, IT - SAN SIRO
11-JULY - PARIS, FR - STADE DE FRANCE
15-JULY - NICE, FR - PARC CHARLES EHRMANN
18-JULY - BERLIN, DE - OLYMPIC STADIUM
20-JULY - AMSTERDAM, NL - ArenA
24-JULY - DUBLIN, IE - CROKE PARK
31-JULY - GOTHENBURG, SE - ULLEVI
06-AUG. - CHORZOW, PL - SLASKI STADIUM
10-AUG. - ZAGREB, HR - MAKSIMIR STADIUM
14-AUG. - LONDON, UK - WEMBLEY STADIUM
18-AUG. - GLASGOW, UK - HAMPDEN PARK
20-AUG. - SHEFFIELD, UK - DON VALLEY STADIUM
22-AUG. - CARDIFF, UK - MILLENNIUM STADIUM
NORTH AMERICAN TOUR SCHEDULE:

12-SEPT. - CHICAGO, IL - SOLDIER FIELD
16-SEPT. - TORONTO, ON - THE ROGERS CENTRE
20-SEPT. - BOSTON, MA - GILLETTE STADIUM
24-SEPT. - NEW YORK, NY - GIANTS STADIUM


In September and October, U2 360° Tour will also visit: Atlanta, GA; Charlottesville, VA; Dallas, TX; Houston, TX; Las Vegas, NV; Los Angeles, CA; Norman, OK; Phoenix, AZ; Tampa, FL; Washington, DC and Vancouver, BC. Complete Tour and ticketing information to follow.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Quarta de Cinzas

Sobrevivi ao carnaval. Que bom que acabou, mas sabe que esse ano, apesar de ter trabalhado, deu pra descansar? Além do que me divertir tanto com marido que só tenho que agradecer por tudo à vida. Agora, não posso negar: amanheci sem um pingo de paciência, queria mesmo ir pra casa... hehehehehe

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Quanta Ladeira

Do carnaval, pra mim, se salva o Quanta Ladeira. Morro de rir com as paródias... Inclusive, João Dionísio, espero até hoje aquele dvd de 2006... Hahahahaha
Editei umas letras da versão 2009, apenas para não chocar "alguns (mas)"

"LES PETIT DU SARKOZY"

...
RASTACRISE (GM)
A CRISE CHEGOU,
TÁ MASSA ENTÃO
VAMRASTACRISE (GM)
A CRISE CHEGOU,
TÁ MASSA ENTÃO
VAMO CHAMAR O LULA PRA TOMAR CACHAÇA
A CRISE CHEGOU, MAS É SÓ UMA MAROLA
ENTÃO VAMO CHAMAR O PRESIDENTE PARA DAR UMA BOLA
A CRISE CHEGOU, BESTEIRA ENTÃO
VAMO CHAMAR O LULA PRA CHEIRAR UMA CARREIRA
E A DILMA IRÁ VIAJAR,
VIAJAR PR’ONDE TIVER CIRURGIÃO
TIVER UM BISTURI PITANGUY,
OSMANY VAI OPERAR ATÉ O BURACO DE FAZER XIXIIIII…


CACHACEIRA

CACHACEIRA NO CAMINHO
EU ENCONTREIA NEGA NA PORTA DO BAR
CONVIDEI A DOIDA PA BEBER
UMA CERVEJA
DUAS CERVEJA
CINCO CERVEJA
…VINTE CERVEJA…
É CACHACEIRA…
DORMIU COM O COPO NA MÃO
É CACHACEIRA…
VOMITOU TODO O MEU COLCHÃO
VOMITOU TODO O MEU COLCHÃO
E ACORDOU C’UMA RESSACA DO CÃO


"A DILMA"

A DILMA MUDOU O SORRISO
MUDOU AS ORELHA E O NARIZ
TIROU A PAPADA,
CORTOU OS DOIS PEITO
VIROU A MULHER CICATRIZ
MATOU OS MEUS PLANOS DE MAIS OITO ANOS
PEGOU NO MEU PAC
ESCAPEI POR UM TRIZ
DEPOIS DE TUDO QUER GOVERNAR NOSSO PAÍS


"HINO TRAVADO"

PÓ, PÓ, PÓ, PÓ… FÁBIO ASSUNÇÃO É NOSSO IRMÃO
{CHEREI UM QUILO DE FARINHA PRA FAZER NOVELA…}


"MELÔ DA CASA PRETA"

TÁ TODO MUNDO CONFIANDO EM OBAMA
SE OBAMA FIZER MERDA, FODEU

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

felicidade

Minha gente, sabe que a melhor coisa do mundo é ser feliz? É reconhecer essa tal de felicidade nas coisas mais corriqueiras da vida, como acordar às cinco da manhã pra trabalhar no que gosta, ainda que o reconhecimento seja quase zero, ter uma família perfeita, comida da boa na mesa, ter ao nosso lado quem amamos e principalmente saúde. Que mais eu preciso? Apenas que o carnaval passe VOANDO!

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Indignada

Minha Gente, era só o que faltava mesmo. E essa barriga de gêmeas é fruto de que? Sei não, sei não... Estou inojada com as autoridades suiças, não era isso que imaginava do país. Essa história parece coisa de cinema, como o último filme que vi, "A troca".

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Carnaval de PE

Acho que foi alguma baiano que escreveu isso... Hahahahahahaha
De uma pessoa que odeia carnaval, concordo em parte!


1. Ao encontrar algum bloco que possui boneco gigante, preste atenção nas mãos
do boneco "pro mode" não levar uma mãozada no "quengo".
- Embora o efeito do álcool se vá logo após a chapuletada, não é, obviamente, uma sensação agradável.


2. Se você escutar alguém gritando "Madeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiraaaaaaaaa", não se assuste,
pois ninguém vai ficar derrubando árvore em pleno Carnaval. É apenas algum
bloco ou banda cantando o hino do bloco "Madeira do Rosarinho", o qual você vai
escutar umas 14.889 vezes por dia.
- Até a quarta-feira de cinzas, você saberá a letra de cor.


3. Não se incomode se, ao seguir um bloco, a bandinha tocar sempre as mesmas
músicas. Também não se incomode se, ao seguir próximo bloco que passar, a banda
deste tocar as mesmas músicas que o bloco anterior tocou.
- O Carnaval de Pernambuco é assim mesmo, é tradição. É a época do ano que os
pernambucanos se reúnem pra ouvir as mesmas dez músicas de sempre.


4. Nem pergunte qual é o frevo novo que é a sensação deste ano. Faz tempo que
isso não existe em Pernambuco. E nem invente de perguntar qual é a dança da moda.
- Você corre o risco de apanhar, pois isso é coisa de baiano.


5. Nunca entre em discussão com algum pernambucano sobre qual é o melhor
Carnaval dentre o baiano, o pernambucano e o carioca.
- Vocês nunca vão chegar a conclusão alguma.


6. Nunca pergunte pra onde um bloco está indo. Siga-o apenas.
- Nunca se sabe onde um bloco vai parar, e nem onde começa.


7. Em Olinda, não se desespere se você passar horas e horas sem ver passar algum
bloco de Carnaval.
- O bom do Carnaval olindense é a espera.


8. Não leve carteira, relógio, telefone celular e outros pertences pra o meio da folia.
- O Bloco do Arrastão desfila todos os dias e a qualquer hora.


9. Se você for homem, não fique constragido em mijar no meio da rua quando der
vontade. Se assim não o fizer, vai acabar mijando nas caçolas se tentar achar
um banheiro. Se você for mulher, trate logo de achar um banheiro público e
entrar na fila duas horas antes de chegar a vontade de falar com o homem do
bocão.


10. No Carnaval de Olinda, se você for uma mulher bonita e gostosa, correrá o risco de,
sem o seu consentimento, ser agarrada, beijada, apalpada e outras coisas
terminadas em "ada". Nem vá de shortinho curto e de tecido leve. Vai voltar com a
arruela "assadinha". Use a velha bermuda jeans.
Se você for homem e tiver uma namorada gatinha, nem passe perto da cidade alta.
Mas, se você for uma mulher feia, é hora de aproveitar e tirar o atraso acumulado.
- Pois, em Olinda, vale o velho ditado: "não existe mulher feia; você é que bebeu pouco".
Vai que é tua, baranga!


11. Outro ditado que vale no Carnaval: cú de bêbo não tem dono. Assim, vale mais
usar o outro ditado "quem tem cú, tem medo" na hora de beber.
- Pense 2 vezes antes de enfiar o pé na jaca. Não confie nem nos amigos.


12. Não saia cedinho de casa pra ver o desfile do Galo de Madrugada. Este bloco
não desfila e nem nunca desfilou de madrugada.
- Ao final do desfile, procure um bom dermatologista .... depois de se recuperar.


13. Em Olinda, depois de tomar todas, nunca tente subir a Ladeira da Sé à pé.
Álcool só é combustível pra automóvel.


14. Se você for pra folia de carro, prepare-se para pagar antecipadamente 10
reais ao flanelinha pra deixar o carro na rua - se conseguir achar algum lugar.
Além disso, prepare pra enfrentar engarrafamentos homéricos.


15. Não fique constrangido se você estiver no meio de um bloco "lírico" e não
souber o que porra é lirismo. Também não fique sem jeito se o bloco for um do
tipo "bloco-de-saudade-de-velhos-carnavais" e você não estiver sentido saudade
alguma. Metade dos participantes desses blocos também não sentem porra de
saudade nenhuma, só dores nas juntas.
- Grande chance de achar aquela velha tia-avó viúva ou a tia solteirona, que há muito
você não via.


16. Se você for alérgico a mofo, passe longe dos "blocos-de-saudade-de-velhos-carnavais".


17. No meio desses "blocos-de-saudade-de-velhos-carnavais", finja que sabe quem
é Felinto, Pedro Salgado, Pierre, Fenelon e o velho Edgar Moraes. Assim, você
se enturmará mais rápido com o pessoal.
- Se, por curiosidade, você perguntar quem são esses caras, provavelmente vai receber
como resposta um constrangido "não sei".


18. Não há problema algum em não saber dançar frevo. 99% dos pernambucanos não
sabem fazer o passo.
- Nem tente ! Você poderá acabar seu Carnaval num ortopedista.

19. Quando você não estiver escutando porra nenhuma, tenha certeza que é
o "blocos-de-saudade-de-velhos-carnavais", passando na sua frente.

20. Caso o bloco que vocês está seguindo, passe na frente de alguma emissora de TV
transmitindo em rede nacional, ao vivo, prepare-se p/ escutar pela enésima vez
o hino do Vassourinhas, e levar um monte de caneladas.
- Pule feito um louco até a música acabar. E não se esqueça de "abrir" os cotovelos ....


EHEHEHE !!!!
... MAS PROVAVELMENTE VOCÊ NÃO VAI PRECISAR COMPRAR LUGAR NAS ARQUIBANCADAS
E PASSAR A NOITE TODA OUVINDO O MESMO SAMBA ENREDO, E NEM PASSAR O ANO TODO
PAGANDO POR UM ABADÁ, SE QUISER SE DIVERTIR (FORA DA CORDA, NÃO DÁ).

BOM CARNAVAL !!!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Felicidades pra mim

Amanhã é o MEU dia. E essa semana eu estive pensando (pra variar) em muitas coisas. Nas coisas que conquistei, dos amigos que fiz ao longo da vida, do carinho que tenho de pessoas que amo. Então, pra que conta contabilizar as perdas se os ganhos são infinitamente maiores?

O tempo passa rápido como um piscar de olhos. E foi assim que cheguei aos 34 anos. Tenho orgulho do que fiz e da pessoa que sou. Mas, quero mais. Não quero ser boa, enquanto vida tiver quero ser ÓTIMA! Sem pretenções, combinado? ;)

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Assim que o sol voltar...

Estou sentindo falta da minha vontade de escrever, da minha necessidade de documentar momentos, comentar fatos. Mas é que o momento não me toca, os fatos não me interessam. Sinto falta da minha inspiração... Ah, ando sentindo falta de tanta coisa... Das risadas sem razão, das amigas de todas as horas, da alegria... Acho chato textos escritos nesses momentos, afinal o que há de interessante numa fase deprê? Então fica combinado assim: eu volto quando o inverno passar (espero que seja em breve).

domingo, 25 de janeiro de 2009

Desejos

Às vezes queria ser outra pessoa. Ou apenas voltar a ser a pessoa que um dia experimentei ser... Por que é tão difícil? Certas coisas te fazem perder a identidade, sabe?
(Acho que vou no Instituto Tavares Buril tirar outra)