Follow by Email

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

FÉRIAS

           Férias dele, do filho. Porque pra mim significa trabalho dobrado. Onze da noite, meia noite e ele lá firme e forte querendo ver TV, brincar e o pior: conversar! E a pessoa aqui precisa bater o ponto às 6:30 da matina. Ai, gente, como diria #KátiaCega, não está sendo fácil. Sempre e tantas vezes eu acabo sem paciência e depois morro de culpa e arrependimento. E prometo que no dia seguinte será diferente (e não é) Alguém se identifica?

          E eu sei que a "culpa" é realmente minha porque deixo a energia dele acumular. Como estou trabalhando chego em casa sem nenhuma energia pra sair, brincar, correr... Então geralmente ficamos em casa ou vendo tv ou desenhando, pintando... Então como querer que ele a noite tenha sono? Como o círculo é mesmo vicioso, ele acorda muito tarde, então...


       E por que deixá-lo dormir tanto de manhã? Primeiro porque já que ele está de férias e gosta de dormir, eu deixo, oras! #QuemNuncaNasFérias? Depois porque a pessoa que fica com ele em casa começou a trabalhar lá em casa no fim do ano, então ainda não fico tão confiante de deixá-lo só. Dormindo sei que ele está bem....


        Hoje criei vergonha na cara e marquei com a mãe do #amigão dele de irmos ao game station. Precisavam ver o brilho nos olhinhos quando falei pra ele do passeio...        Essa semana ainda terá Circo & Cinema. Tentar ser uma mãe melhor e fazê-lo curtir mais as férias. Afinal, os trinta dias pra ele devem ter passado voando. Já para mim...


--

Nenhum comentário: